Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2011

Cachalote - Daniel Galera e Rafael Coutinho

Cachalote é um livro em quadrinhos. Nele, cinco histórias se desenrolam sem nenhuma relação aparente: um astro decadente do cinema chinês vem filmar no Brasil e acaba incriminado pelo suicídio de um outro ator, um playboy mimado acaba expulso de casa e vai para Paris, um escultor fechado e recluso é convidado para atuar num filme, um escritor com depressão se reaproxima de sua ex-esposa, e um vendedor de ferragens fetichista se apaixona por uma linda garota e a inicia em seu fetiche.

      Em todas as tramas, há algo maior que eles, algo sem solução, como uma baleia encalhada na praia. Esse mosaico é montado intercalando-se as histórias, passeando entre o real e o fantástico. Há um tom existencialista, mas não é carregado.

      O Daniel Galera é um excelente escritor, e consegue construir personagens fortes e multidimensionais. Estou cada vez mais fã dele, já falei sobre o ótimo livro "Mãos De Cavalo" AQUI!

      O traço do Rafael Coutinho é preciso, detalhista, mas não …

Um Novo Despertar - The Beaver

Um homem em estado grave de depressão passa a se comunicar com o mundo por meio de um marionete na forma de castor de pelúcia em sua mão esquerda, como tentativa de cura para seu problema. Com essa sinopse, que poderia ser de uma comédia do Jim Carrey, a atriz e diretora Jodie Foster constrói um drama sensível, com ótimas atuações.

     O personagem principal é interpretado brilhantemente pelo sumido Mel Gibson. Ele faz o papel de Walter e dá vida a O Castor, realmente. Mesmo sendo Walter quem fala, o sotaque d'O Castor é totalmente diferente, um inglês britânico muito carregado. Em muitas cenas, Gibson vira coadjuvante do marionete. Ele consegue se mostrar frágil, enquanto O Castor se impõe.      Jodie Foster é a esposa de Walter, que já havia entregado os pontos frente a condição irremediável do marido, e é tomada de surpresa pela súbita melhora dele com o marionete na mão. Também muito bem no seu papel está Anton Yelchin, o filho mais velho de Walter. Ele é um aluno muito i…

Girls - Clipe Do Novo Disco - Vomit

Eu descobri a banda Girls há pouco tempo. O primeiro disco deles, intitulado "Album", é muito bom e eu o ouvi até cansar. Logo depois foi o segundo deles, um EP chamado "Broken Dreams Club" e fiquei maravilhado! E fiz uma postagem sobre eles AQUI!

     Esse EP tem apenas seis músicas, mas são todas boas. E eles evoluíram o som, deixando-o mais limpo, valorizando as melodias. É tão bom, ou melhor que o primeiro.     Portanto, é natural que se tenha uma grande expectativa por um novo álbum completo. E ele já tem nome, "Father, Son, Holly Ghost", e data de lançamento: 13 de setembro.     Para diminuir a ansiedade dos fãs, já saiu o primeiro clipe: "Vomit". A canção é ótima e o vídeo também. Apesar do nome, é muito clean, diferente dos clipes do primeiro disco, que tinham o visual mais sujo. Chega até a parecer um comercial de carro.     Como na postagem anterior sobre o Girls eu só coloquei vídeos do primeiro álbum, seguem duas canções do segundo…

Fumaça e Espelhos - Neil Gaiman

Este livro de contos é bem anterior ao "Coisas Frágeis" que eu postei AQUI. Nele estão reunidos contos e poesias publicados em diversos meios, desde o início da carreira de Neil Gaiman até o final dos anos 90. São 31 histórias fantásticas, tanto na qualidade, quanto no estilo literário, como reforça o subtítulo: "Contos e Ilusões".

      A riquíssima imaginação do autor faz par com seu excelente texto e o resultado são histórias maravilhosas. Alguns dos contos estão como os melhores que eu já li, como é o caso de "Mudanças": um cientista descobre a cura do câncer e por tabela revoluciona o mundo sexualmente. Simplesmente brilhante! É o roteiro de um filme.        Outros a se destacar são "Apenas o Fim Do Mundo Novamente", uma história de lobisomen, "Neve, Vidro e Maçãs" com uma Branca de Neve vampira e  "O Preço", que acabou virando uma graphic novel com outro conto, "A Filha Das Corujas".          Recomendadíssi…

Let's Get Lost - Chet Baker

Chet Baker foi um dos maiores músicos de jazz da história. Cantor e trompetista fenomenal, menos virtuoso e muito mais cool que boa parte dos jazzístas da época. Ele transbordava sensibilidade e musicalidade em sua obra. E esse documentário maravilhoso faz jus a seu imenso talento. 

      Todo em preto e branco, com belíssimas imagens, o filme é mais poético que documental. Ele traça toda a turbulenta história de Chet de forma não linear, não se preocupando de início em contar a vida dele, mas em seduzir o espectador com sua música e seu charme.        Os depoimentos são intercalados por cenas de Chet cercado de mulheres e admiradores (entre eles um Flea garotão), e a bordo de um Cadillac conversível, além de muitas imagens dele jovem. As partes mais duras do histórico do jazzista são deixadas para o final: suas prisões, o vício em heroína, o incidente que o fez perder vários dentes e o abandono da ex-mulher e seus quatro filhos. 
      Mas o diretor não busca levantar a verdade ou…

Mãos De Cavalo - Daniel Galera

Há algum tempo eu estava protelando a leitura deste livro. Já tinha lido diversos elogios a ele, mas toda vez que olhava a capa, algo me desanimava. Eu e minha mania por capas chamativas... De todo modo, resolvi cair matando na obra, e não me arrependi: muito bom! 

      Esse não é o tipo de livro que conquista o leitor já de cara. O autor não facilita essa entrada em seu universo. Mas depois do terceiro capítulo, é difícil não se envolver na história.      A trama principal acontece em pouco mais de duas horas. Nela, Hermano, cirurgião plástico com 30 anos de idade, sai de casa para buscar seu melhor amigo e partirem para uma expedição na Bolívia, para escalar uma montanha inóspita. No caminho, ele recorda de duas épocas da sua vida: com dez anos, correndo de bicicleta pelas ruas do bairro onde morava; e com quinze, vivendo experiências que vão marcá-lo para sempre. Boa parte da narrativa é no passado. O personagem principal se lembra de quando conheceu a esposa, quando sua filha…

Rock Brasília - Era De Ouro - Trailer

O diretor Vladimir Carvalho é o maior documentarista braziliense. Ganhador de vários prêmios, desde 1970 ele vem registrando imagens de Brasília, e já lançou dois documentários sobre a cidade.

      Fechando a trilogia vem "Rock Brasília - Era De Ouro" que, como o nome bem diz, faz um apanhado da contundente e inspirada cena musical da capital do país nos anos 80. No filme, bandas como Legião Urbana, Capital Inicial, Plebe Rude e Paralamas Do Sucesso ajudam a compor o painel cultural da cidade naquela época.       O longa-metragem recebeu o prêmio de melhor documentário no Festival de Cinema de Paulínia deste ano e vai abrir o Festival de Cinema de Brasília em setembro. Pelo que dá pra ver pelo trailer: é um filmaço! Não perco por nada! Confiram o trailer:

We All Want To Be Young

Meu irmão me passou o link deste vídeo depois de ver o comercial da Levi's, que eu postei AQUI. Achei muito legal! É um curta-metragem documental, misturando cenas de filmes, documentários, séries de tv e infográficos. O tema é a juventude e traça um panorama desde os anos 60 até os dias atuais.      O resultado é muito bom e interessante, explicando a diferença entre as gerações, e chegando à conclusão que todos podemos nos manter jovens, atualizados e sintonizados. É uma questão de escolha. O nome do vídeo já diz isso: "Todos Queremos Ser Jovens", mas sem cair na questão física, da busca pela beleza e jovialidade. A abordagem é sobre o raciocínio e o comportamento. Para mim, que já passei dos 30, é algo bastante instigante. Neste caso, a citação de Jules Feiffer cai como uma luva: "Maturidade é uma fase, adolescência é para sempre"!

Adele - 21

Quando eu fiz a primeira postagem sobre a Adele, há alguns meses atrás, ela ainda não estava tão popular por aqui. Eu mesmo não tinha ouvido inteiramente seu segundo e excelente disco "21".
      De lá para cá, o ótimo single "Rolling In The Deep" cansou de tocar por aí. Está nos Top 20 do mundo inteiro, incluindo no Brasil. Vários artistas fizeram versões da canção, até o elenco da série Glee. Outra música estourada é a balada "Someone Like You", principalmente na Inglaterra e nos Estados Unidos.      Nesse período, Adele também colecionou recordes e feitos notáveis: logo de cara, tirou o primeiro lugar do aguardadíssimo novo disco da Lady Gaga, e se manteve na frente mesmo com lançamentos de peso como do mais recente do Foo Fighters; igualou o recorde dos Beatles com dois singles e dois discos entre os mais vendidos ao mesmo tempo; teve o álbum "21" em primeiro lugar por 3 meses seguidos, o que não acontecia há 23 anos, desde o disco "…

The Walking Dead - Segunda Temporada

A série de tv "The Walking Dead" é uma adaptação das histórias em quadrinhos de mesmo nome, de autoria de Robert Kirkman. Os quadrinhos são publicados desde 2003 nos Estados Unidos, e 2006 no Brasil, e são um tremendo sucesso. 
    A versão para a tv foi lançada em outubro do ano passado. A expectativa era tão grande que o lançamento foi quase simultâneo no mundo inteiro, incluindo por aqui. Coisa rara de acontecer. O seriado teve uma audiência muito grande, mas dividiu opiniões. Quem não conhecia as histórias gostou, e quem era fã achou a adaptação diferente e distante do original.       De qualquer forma, a segunda temporada está sendo muito aguardada e a Fox já está soltando imagens e vídeos do que vem por aí. A estreia nos Estados Unidos será dia 16 de outubro. A data no Brasil ainda não está confirmada.


      Para quem está por fora: a trama de "The Walking Dead" gira em torno de Rick Grimes, um policial que entra em coma e acorda com o mundo repleto de…

Levi's - The Laughing Heart - Charles Bukowski

Há algum tempo, várias marcas vem divulgando mais conceito que produto. É o caso da Coca-Cola, Nike, Benetton e muitas outras, como a Levi's.       Já se viu de tudo em comerciais, de ideias boas e inspiradas a imagens fortes e chocantes. Este vídeo da Levi's é um belíssimo trabalho, mesclando imagens de jovens em diversas situações e o poema "The Laughing Heart", de Charles Bukowski, sendo citado ao fundo. Muito bonito!       A propaganda abre espaço para a polêmica por conter cenas de manifestações urbanas, como as ocorridas em Londres. Mas a mensagem do poema é de de liberdade e esperança. O vídeo está legendado em português. Preste atenção nos versos.

      Antes deste comercial, a Levis's lançou outros no mercado norte-americano. É a mesma campanha "Go Forth", mas com a temática America. O vídeo abaixo também é muito bonito, e o poema falado é "America" de Walt Whitman. 

Marido & Mulher - Tony Parsons

Esta é a continuação do aclamado livro "Pai e Filho", de Tony Parsons, que eu já postei AQUI. A história é retomada um ano depois dos fatos ocorridos no final do outro livro.       Para quem não leu a obra anterior é melhor parar por aqui, pois para falar sobre a trama nova é preciso citar o que aconteceu.

     Portanto, após um ano, Harry Silver se casa novamente, agora com a nova mulher dos seus sonhos: Cyd. Tudo vai muito bem até que sua ex-mulher, Gina, resolve se mudar para os Estados Unidos e levar seu filho, Pat, para longe dele. Sentindo-se abandonado, Harry começa a se sentir inseguro no casamento, com ciúmes do novo trabalho de Cyd. Além disso, o programa de tv em que ele é produtor começa a decair e sua mãe adoece.      Em meio a inseguranças, problemas cotidianos, fantasmas do passado e uma vontade imensa de ser um homem à altura de seu pai, Harry tenta salvar seu casamento e ser o melhor pai possível.      Tony Parsons é um excelente escritor e sabe muito bem …

Brandi Carlile - Give Up The Ghost

Conheci essa excelente cantora e compositora norte-americana por meio de meu amigo Marcelo Paixão, de BH. Vi o clipe de "Dreams", achei uma ótima canção e fui atrás de mais material dela, e acabei baixando o disco. 

      O álbum "Give Up The Ghost" é o terceiro da carreira dela, o penúltimo lançado, e é cheio de músicas boas como "Dying Day" e "That Year" e "Looking Out". Tem até participação do Elton John em "Caroline", no piano e na voz.       Seu estilo é um misto de folk, country e pop-rock, com muitos violões, contribuição dos gêmeos Hanseroth. Ela gosta de suas músicas mais cruas, com poucos efeitos, isso acaba dando mais autenticidade ao som,  Em seu repertório, Brandi mescla baladas com canções mais aceleradas, sempre com boas melodias e letras confessionais.

      Minha intenção era fazer uma postagem sobre a carreira da Brandi Carlile, cobrindo todos os quatro discos. Mas ao ouvir esse álbum, eu o achei tão bom …

João Carlos Martins

O maestro e pianista João Carlos Martins dispensa apresentações. Figura notória na música brasileira, além de reconhecido e admirado mundialmente. Sua história de vida é de sucessos e obstáculos, sofrimento e superação. Ele é um daqueles exemplos de conduta e obstinação, em que o coração e o amor à arte são maiores que ele mesmo, e fazem tudo ser possível.

      Enquanto pianista brilhante, foi considerado o maior intérprete de Johann Sebastian Bach do mundo. Sofreu acidentes e problemas de saúde, que por longos períodos o impediram de tocar. Por fim, perdeu quase completamente os movimentos das mãos. Mas não se dando por vencido, se tornou maestro e passou a reger a Orquestra Bachiana Filarmônica. Sua missão hoje é divulgar a música clássica brasileira em todos os níveis sociais, dentro e fora do país. E como tudo em sua vida, tem feito isso brilhantemente.       Presenciei emocionado sua palestra testemunhal no último sábado. Logo no início, foi exibido este documentário chamado…

The Beatles - Rockband Trailer

Ainda no clima Beatles, no show da "All You Need Is Love", que eu comentei AQUI, vi uma animação muito bem feita. Achei tão legal que fui buscá-la na internet.


      O vídeo é um trailer do game "The Beatles: Rockband". Como um clipe, apenas com imagens e música, o comercial faz um brevíssimo panorama dos Fab Four em várias fases. Ouve-se as canções: "Twist And Shout", "A Hard Day's Night", "Paperback Writer", "Here Comes The Sun" e "I Am The Walrus". O final é uma exaltação à banda! Beatles para sempre!
      Acabei achando também outro vídeo mais curto, e que aparece o mesmo elefante azul. Muito bonito! A música de fundo é "The End". Só não consegui fazer o upload, mas o link está AQUI!

All You Need Is Love - A Banda

No último sábado tive o prazer de participar de um evento muito legal aqui em Brasília. Acompanhando minha mulher, fui ao Encontro Leonardo Da Vinci, tradicional colégio da cidade, que comemorou seu aniversário. Entre as atrações, duas foram marcantes: o show da banda cover dos Beatles All You Need Is Love, e a palestra / testemunho do grande músico e maestro João Carlos Martins.     Na próxima postagem falarei sobre essa grande personalidade, que muito me emocionou. Mas primeiro vou falar do maravilhoso trabalho da banda paulista.


      Já vi vários shows cover dos Beatles. Alguns muito bons, a maioria medianos, e até uns bem ruins. Mas o espetáculo que o All You Need Is Love proporciona é algo único: recriar um show do lendário grupo de Liverpool. Para isso, eles imitam à perfeição todo o figurino, penteados, bigodes, gestual, instrumentos, e timbres de voz.        O show é formado por quatro partes, cada uma retratando uma fase distinta do quarteto inglês, dos terninhos pretos d…

All You Need Is Love - Starbucks Love Project

A famosa rede norte-americana de cafeterias Starbucks, com lojas também no Brasil, vem fazendo uma campanha desde 2009 para arrecadação de fundos a fim de ajudar pessoas infectadas com vírus da AIDS na África.


      Para ajudar na divulgação do projeto, foi montado um vídeo com pessoas de 156 países cantando "All You Need Is Love" dos Beatles. Tudo foi gravado no mesmo dia, ao mesmo tempo, e depois editado. O resultado ficou muito legal! No Youtube é possível achar muitos dos vídeos inteiros de cada país.        Essa campanha ainda não foi colocada em prática por aqui, mas quem quiser conhecer mais desse belo e importante trabalho da Starbucks, visitem o site www.starbucksloveproject.com. Definitivamente, um exemplo a ser seguido!        Segue o vídeo de "All You Need Is Love":


Bangcoc 8 - John Burdett

Este é um dos romances policiais mais envolventes e surpreendentes que eu já li.        O autor inglês John Burdett conseguiu alinhavar uma história cheia de ação e suspense, com um personagem principal riquíssimo, cheio de nuances, longe do estereótipo do detetive durão. 

    A história começa com uma dupla de detetives muito amigos, quase irmãos, e honestos: raridade em Bangcoc. Na tentativa de resgate de um sargento norte-americano de dentro de um carro infestado de cobras, um deles morre. O policial sobrevivente, Sonchai Jitpleecheep, promete vingar seu colega. A partir daí, começa a busca de Sonchai pelo assassino, que o leva ao submundo caótico de Bangcoc, onde o mercado de sexo e drogas é tão comum quanto o de pedras preciosas. Todos se vendem e todos se compram.       O autor sabe envolver o leitor. Além da ambientação maravilhosa da cidade: exótica, sombria e selvagem, cheia de luzes, cores e perfumes; a trama é muito bem amarrada, original e cheia de surpresas. Mas John Bu…

Batman: Dead End

Este é um dos melhores filmes já feitos sobre o Batman. Mas ele nunca passou nos cinemas ou na tv, não tem nenhum ator conhecido, e é um curta-metragem. "Batman: Dead End" é um fanfilm: um filme feito por fãs, independente e sem fins lucrativos, com o objetivo de homenagear e, claro, entreter!

     O filme é de 2003 e foi produzido, escrito e dirigido por Sandy Collora. Logo que foi lançado, o curta virou objeto de desejo dos fãs do homem-morcego, e os links para o download se espalharam pela internet. Nos tempos pré-Youtube, muita gente falava sobre o filme, mas pouca gente tinha visto.      Na trama, Batman tenta recapturar o Coringa, que fugiu do Asilo Arkham. Mas ao encontrá-lo, acaba se deparando com duas ameaças muito perigosas, que o deixam sem saída. 

     O visual e a ambientação do curta são primorosos, muito fiéis aos quadrinhos: tudo muito sombrio, e o uniforme do Batman é o mais próximo possível do desenhado nas revistas. Mesmo com os excelentes "Batman …

The Wallflowers - Bringing Down The Horse

Para quem não sabe: o bandleader da banda The Wallflowers é Jakob Dylan, filho da lenda viva Bob Dylan. Eles estão na estrada desde 1989, com várias formações, mas sempre com Jakob no vocal. Já lançaram cinco álbuns de estúdio e uma coletânea em 2009, e contribuíram com várias trilhas sonoras de filmes. Por fora, Jakob já lançou dois álbuns solo, sendo o último de 2010.

      O "Bringing Down The Horse" foi o segundo disco deles, e o de maior sucesso do grupo, de público e crítica, ganhando quatro discos de platina e dois prêmios Grammy pela canção "One Headlight". As músicas são tão boas, que várias delas tocaram incessantemente nas rádios no final dos anos 90. O disco é maravilhoso, conciso e coerente, pra ouvir inteiro, muitas vezes! A sonoridade é um pop-rock meio folk, com ótimas melodias e letras.

       Seguem alguns clipes deste álbum:




Coisas Frágeis

Como já falei anteriormente: Neil Gaiman é único! Um verdadeiro mestre da narrativa e da literatura fantástica. Para quem não conhece, este autor inglês revolucionou os quadrinhos nos anos 80 e vem estendendo seu talento para outras áreas, como a literatura.

      Este livro é a compilação de nove contos. Todos ótimos! É até difícil dizer qual é melhor que o outro. Vários deles fazem referência a personagens de outras obras, tanto de outros autores, como dele próprio. Como é o caso de "O Monarca Do Vale", que traz de volta Shadow, personagem principal de "Deuses Americanos", primeiro romance de Gaiman. Outros personagens que ressurgem em seus contos são Sherlock Holmes e Susan de "As Crônicas De Nárnia".       Há também uma história inspirada no universo Matrix chamada "Golias". Mas a minha favorita é "Como Conversar Com Garotas Em Festas" que é um exemplo de como Neil Gaiman consegue levar um leitor de um estilo a outro sendo perf…